Talhas

Um objecto que é bastante cobiçado aqui onde eu vivo é a talha. Estes potes de barro de diferentes tamanhos que noutros tempos serviam para guardar o azeite, vinho, vinagre entre outros produtos, hoje em dia abandonaram as funções para as quais foram concebido para passarem a integrar a decoração de casas e jardins. Há quem os use com bengaleiro, como vaso, fonte, ou simplesmente os dispões de uma forma harmoniosa a compor o espaço onde se encontram. Minha mãe optou por usar algumas talhas como vaso no seu terraço, já eu que não tenho muitas talhas, consegui resgatar uma pequenina que estava quase abandonada na “quintinha” da família. Agora o meu objectivo é lava-la (delicadamente visto que a talha já apresenta algumas fissuras que lhe podem ditar o fim), e coloca-la no meu terraço onde irá servir para guardar os chapéus de chuva.

948378d6a67ac0d7c7c6728581b072ab_Generic

fonte

casa-artista-1445

casa-rural-golegã (3)

 

Chapéus há muitos…

Oi oi, hoje trago mais uma inspiração para vocês. Decorar com Chapéus! Esta ideia é uma daquelas ideias que provavelmente não vou colocar em prática em minha casa. Pois com o montão de ideias que tenho não as vou poder concretizar todas para não correr o risco que a casa se pareça com um museu etnográfico. Mas vocês que têm um cantinho onde não sabem bem o que podem fazer para lhe dar um toque interessante,sugiro o uso dos chapéus. Já vi em casa de uma amiga e ficou um charme. Ela optou por usar chapéus dos avós do seu marido, alguns deles verdadeiras relíquias pois já têm mais de 100 anos.

Vejam só o que é possível fazer, é, como já disse, um charme.

ImagemImagemImagem

Beijos e boas inspirações…

Susana

Decoração Vintage

 

Actualmente vivemos demasiado depressa e acabamos por não aproveitar bem tudo o que nos é proporcionado em cada momento ou época. Numa sociedade em que tudo é descartável acabamos por perder o requinte que em outras décadas era notório mesmoem casas um pouco mais modestas. Muitas vezes fazemos as nossas escolhas para o lar de modo estereotipado, sem dedicar tempo a personalizar as nossas escolhas. Acredito que o ideal é conseguir economizar na hora de decorar, fazendo as compras em espaços como o Ikea, mas dando esse toque chique das décadas de 40, 50 e 60 com objetos que passam de geração em geração. O Vintage pode não ser um estilo que satisfaça o gosto de todos, mas para quem gosta é um desafio em tanto conseguir aliar as peças de outros tempos com as peças actuais no conforto que todas desejamos. Assim proponho a tentativa de reviver os velhos objectos, nas casas novas. Quem aceita o desafio? 

 

Viram só onde me inspirei para o meu quadrinho de metal!

 

Imagens recolhidas no Pinterest

Beijos 

Susana

Quartinho de Bebé

Para quem prepara o quarto do seu bebé que está quase quase a chegar aqui ficam algumas inspirações.

 

Imagens recolhidas no Pintrest.

 

 

 

 

 

 

 

 

Beijos!

 

Susana